Ford usa Ubuntu no desenvolvimento de carros autônomos

Ford-830x553

As empresas automobilísticas estão trabalhando já a alguns anos com veículos autônomos e parece que tiveram algum sucesso. A Ford está entrando agora nesse mercado. Não é só o Google que possui o seu carro sem motorista, pois outras empresas estão construindo carros mais inteligentes e capazes de agir como um veículo sem condutor caso seja necessário.

É seguro dizer que ainda existe muito chão até que os carros funcionem com segurança absoluta nas rodovias, mas o processo pelo qual os engenheiros estão trabalhando para conseguir isso é impressionante. Na maioria dos casos usam distribuições Linux, como o Ubuntu. Caso ainda não saiba, o Ubuntu tem sido implantado em carros da Tesla e Mercedes para o seu projeto de carros autônomos.

O Linux está em todo lugar

Várias distribuições Linux foram vistas em todos os tipos de locais interessantes, como a NASA, Honda, Mercedes, nos aceleradores de partículas, na Estação Espacial Internacional, e assim por diante. Não é realmente uma surpresa que o Centro de Pesquisa e Inovação de Palo Alto da Ford esteja utilizando o Ubuntu para que ele funcione em seus carros.

“A tecnologia de um veículo autônomo está a um passo mais próximo de ser produzido na Ford. Há um enorme esforço de pesquisa e projeto de engenharia avançada, onde anunciamos que o Centro Ford de Pesquisa e Inovação de Palo Alto está trabalhando na equipe global da Ford para entregar o Plano Ford de Mobilidade Inteligente, visando levar a empresa para o próximo nível em termos de conectividade, mobilidade, veículos autônomos, experiência do usuário, Big Data”, diz o anúnio da Ford.

Como deve imaginar, a Ford ainda não tinha mencionado essa informação, e não deve ser relevante para os seus planos, mas você pode ver claramente o Ubuntu na imagem e parece que ele está fazendo mais do que apenas monitorar o carro.

Fonte: Revista Espírito Livre